quarta-feira, julho 23, 2008

Livro: Trilogia Fronteiras do Universo I - A Bússola de Ouro

Apesar de ter lido os três livros recentemente, optei por postar a minha opinião a respeito "de uma vez só" não só por falta de tempo, mas porque mais do que em outras obras, achei ser necessário conhecer tudo para correr menos risco de falar besteira.

A trilogia recebeu em português o nome de Fronteiras do Universo (no original His Dark Materials) por ter como ponto de partida uma teoria sobre a existência de outros universos, sendo todos paralelos entre si, bastando somente saber encontrar/abrir as portas para ir de um a outro.

Os volumes são A Bússola de Ouro, A Faca Sutil e A Luneta Âmbar.



A personagem principal da história toda é Lyra, uma menina de cerca de 10 anos que vive em Oxford, mas não na Oxford que conhecemos, mas em uma outra, igual e diferente, onde, existe a Faculdade Jordan, local em que a menina vive desde sempre e lidera as crianças em guerras contra os gípcios (navegadores) e os filhos dos oleiros (fabricantes de tijolos). E tem mais, Lyra tem um daemon – algo entre alma, consciência e a alegria da pessoa-, Pantalaimon.

Em A Bússola de Ouro, durante uma de suas pequenas aventuras, Lyra decide entrar em uma sala permitida somente a catedráticos da faculdade e acaba trancada em um armário, descobrindo coisas que a deixam extremamente curiosa, como as luzes do norte e o Pó...

Ao mesmo tempo, crianças começam a desaparecer e o mundo vive com medo dos Papões, os 'devoradores' de crianças. Nenhuma delas foi encontrada ou conseguiu voltar e há muitas teorias a respeito porém, quando Roger, o melhor amigo de Lyra desaparece, ela resolve resgatá-lo e acaba se envolvendo em algo que não tinha idéia da dimensão... Em sua jornada há o mal na forma de algo belo, uma aliança antes impensável com os gípcios, as belas e poderosas Bruxas e os formidáveis Ursos de Armadura e um objeto diferente, o alentômetro . Há também alguns perrengues, quase todos na forma do Conselho de Oblação, um órgão da igreja que não se sabe ao certo o que faz.

No decorrer da história, descobre-se que o Conselho separa as crianças de seus daemons antes que elas fiquem impregnadas de Pó - algo que não conseguem realmente definir mas acreditam estar ligado ao Pecado Original - e que libera energia suficiente para abrir outros universos, idéia herética e ao mesmo tempo atraente.

A cara do Conselho de Oblação é a Sra. Coulter e o seu inimigo tem a forma de Lord Asriel, um estudioso/aventureiro que perdeu tudo por causa da igreja e convenções em que ele não acreditava e que está determinado a fazer algo que pode acabar com o poder da igreja e mudar as coisas para sempre. Lyra não sabia, mas faz parte de uma profecia e essas figuras tão poderosas e antagônicas são seus pais e após uma série de eventos que envolvem ambições, traições, assassinatos e poder em suas várias formas, abre-se uma porta para outro Universo...


Título Original: Northern Lights
Autor: Philip Pullman
Editora:
Objetiva
Páginas:
420
Ano: 1995



PS/Update: Partes II e III.

Um comentário:

Lulu on the Sky® disse...

Bussola de Ouro foi um filme q saiu tb não foi?