quarta-feira, dezembro 31, 2008

YT: Cher - Believe




Feliz 2009!!! See you all there!!!



PS: Blog em recesso até 05/01, ok?

terça-feira, dezembro 30, 2008

YT: Cindy Lauper - Girls Just Wanna Have Fun

segunda-feira, dezembro 29, 2008

YT: Tina Turner - Proud Mary

domingo, dezembro 28, 2008

YT: Gloria Gaynor - I Will Survive

sábado, dezembro 27, 2008

YT: Weather Girls - It's Raining Men

sexta-feira, dezembro 26, 2008

YT: YMCA

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Natal...


...é tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que a cerca.

É tempo de contemplar o menino pobre, que nasceu em uma manjedoura, para nos fazer entender que o ser humano vale por aquilo que é e faz, e nunca por aquilo que possui.

Também é tempo de refazer planos, reconsiderar os equívocos e retomar o caminho para uma vida cada vez mais feliz.

Teremos outras 365 novas oportunidade de dizer à vida que queremos ser plenamente felizes, viver cada dia, hora e minuto como se fosse o último e buscar grandes milagres a cada instante.


FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO PARA TODOS!!!

Presentes...

Ela é bem conhecida - porque fez por isso -, viajada, esclarecida... E desprendida também. Viveu em Olinda, morou em Estocolmo, nos EUA e viajou outros tantos lugares. Mãe, mulher, ativista e artesã, a Denise viu, viveu, ganhou, comprou e/ou fez muitas coisas lindas e originais.

Agora a caminho da Coréia, ela colocou tudo o que não tinha mais como guardar ou não queria no brechó. Lá tem coisas fofas e a razão do post é mostrar mais uma cliente satisfeita. Comprei alguns camafeus, para mim e para presente. Cliente satisfeita que sou, faço a propaganda (do meu, claro rs):



A Denise tem a ajuda da Dona Telma, mãe dela e outra fofa. Quem estiver procurando algo original para presentear - não só hoje, já que a data do post foi mera coincidência -, o brechó é um bom lugar qe definitivamente merece ser lembrado.

terça-feira, dezembro 23, 2008

Filme: Antes de Partir

Carter Chambers é um mecânico extremamente culto, que queria ser professor de história mas a vida quis diferente. Edward Cole é um cara que começou a enriquecer aos 16 anos e só pensa em lucrar cada vez mais. Os caminhos deles se encontram quando ambos são internados em um mesmo quarto de hospital, este de propriedade de Edward - que acredita que hospitais só são viáveis se todos os quartos tiverem dois leitos.

Ambos têm câncer e ambos descobrem ter pouquíssimo tempo de vida. A partir de um exercício retórico, derivado de uma atividade proposta há mais de 40 anos pelo antigo professor de filosofia de Carter, este começa a fazer uma lista de coisas a fazer antes de morrer e Edward o convence que cumprir esta lista seria uma maneira interessante de passar os últimos dias de suas vidas, levando-os a uma verdadeira volta ao mundo.

A lista tem itens diversos como pular de para-quedas, rir até chorar, conhecer as pirâmides e receber um beijo da moça mais linda do mundo, cada tarefa temperada com pitadas do humor característico dos protagonistas.

Morgan Freeman e Jack Nicholson em um mesmo filme dificilmente resultaria em algo ruim, mas este é muito bonitinho. Me fez rir muito, chorar um pouco e eu recomendo muito!!! É um daqueles filmes tipo o Big Fish, que não se percebe o tempo passar e sempre que encontramos por aí paramos para assistir.


Título Original: The Bucket List
Estúdio:Warner Bros. / Storyline Entertainment / Zadan/Meron / Two Ton Films
Direção: Rob Reiner
Duração: 97 minutos


PS: Ele só me levou a um pequeno problema... A escolha de melhor filme do ano para a retrospectiva ficou meio truncada... Em um ano que teve Dark Knight, Iron Man e Wall-E (o post deste vai ficar para o ano que vem), este também merece ser lembrado.

segunda-feira, dezembro 22, 2008

YT: MasterCard

video

sábado, dezembro 20, 2008

Musiquinha's

Stars
(Simply Red)

Anyone who ever held you
Would tell you the way I'm feeling
Anyone who ever wanted you
Would try to tell you what I feel inside
The only thing I ever wanted
Was the feeling that you ain't faking
The only one you ever thought about
Wait a minute can't you see that I
I wanna fall from the stars
Straight into your arms
I, I feel you
I hope you comprehend

For the man who tried to hurt you
He's explaining the way I'm feeling
For all the jealousy I caused you
States the reason why I'm trying to hide
As for all the things you taught me
It sends my future into clearer dimensions
You'll never know how much you hurt me
Stay a minute can't you see that i

I wanna fall from the stars
Straight into your arms
I, I feel you
I hope you comprehend

Too many hearts are broken
A lover's promise never came with a maybe
So many words are left unspoken
The silent voices are driving me crazy
As for all the pain you caused me
Making up could never be your intention
You'll never know how much you hurt me
Stay can't you see that I

I wanna fall from the stars
Straight into your arms
I, I fell you
I hope you comprehend

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Livro - Os Contos de Beedle, o Bardo

Livro curtinho e voltado à caridade (como já haviam sido o "Animais Fantásticos e Onde Habitam" e o "Quadribrol através dos séculos"), é formado por algo como os contos de fadas dos bruxos, onde a magia é parte da rotina, não necessariamente um artifício dos vilões e/ou fadas madrinhas.

Os contos presentes são: O Bruxo e o Caldeirão Saltitante; A Fonte da Sorte; O Coração Peludo do Mago; Babbitty, a coelha, e seu tronco gargalhante; e O conto dos Três Irmãos. Cada um deles ensina uma lição fácil de ser entendida pelas crianças e, por mais que seja voltado aos bruxos, serve muito bem às crianças trouxas também (desde que essas se dêem ao trabalho de procurar a metáfora).

Com tradução de runas antigas (modo de escrita utilizado pelo autor original) feita por Herminione Granger e notas de Alvo Dumbledore sobre o que realmente cada história pode querer dizer ou mostrar, além de como elas se disseminaram ao longo dos séculos, não é um livro indispensável ao entendimento da série de Harry Potter - mas é interessante, bem legal e muito bonitinho.





Título Original: The Tales Of Beedle The Bard
Autor: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Páginas:
128
Ano: 2008







PS: Eu tenho a versão hardcover em inglês que é liiiinda, com a capa colorida.

quinta-feira, dezembro 18, 2008

House M.D.



One day, one room (3ª temporada)

Eve, a paciente: Sua história... ela é verdadeira?
House: É verdadeira para alguém.
Eve: Mas não pra você.
House: Coisas assim acontecem. Aconteceram com outras pessoas. Que diferença faz se aconteceu comigo?
Eve: Elas não estão neste quarto.
House: Você vai basear sua vida inteira em quem está preso num quarto com você?
Eve: Eu vou basear este momento em quem está preso num quarto comigo! É isso que a vida é: uma séries de quartos, e as pessoas com quem ficamos presas nesses quartos definem o que nossas vidas são.


Um dos melhores momentos do House e o capítulo preferido de muita gente... Achei aqui perdido e incompleto nas pendências e resolvi postar.


PS: Updateei (sic) e coloquei uma montagem que começa com o final dessa cena que pe fantástica.

quarta-feira, dezembro 17, 2008

Coisas de Cris

Diálogo entre tia-babona e a sobrinha "americana":

- Sobrinha, o titio estava extermamente preocupado que vc voltasse falando só inglês com ele...

- Hihihihihihi...

5 minutos depois, volta a guria:

- Titio, se você quiser eu passo um dia inteiro falando só em inglês com você!!! Eu consigo!!! - muito orgulhosa de si mesma e provocando gargalhadas histéricas da tia-babona ao ver que o namorado se deu mal.


Observação: A sobrinha tem 8 anos e o titio não fala nadica de inglês.

terça-feira, dezembro 16, 2008

Crônica: Eu te amo não diz tudo

EU TE AMO NÃO DIZ TUDO!
(Arnaldo Jabor)

O cara diz que te ama, então tá!
Ele te ama.

Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.

Você sabe que é amado porque lhe disseram isso,as três palavrinhas mágicas.

Mas ouvir que é amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de quilômetros.

A demonstração de amor requer mais do que beijos,sexo e palavras. Sentir-se amado, é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você quando for preciso.

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou há dois anos, é vê-la tentar reconciliar você com o seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo tempestade em copo d'água.
Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão...

Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente inteiro.

Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que tudo pode ser dito e compreendido.

Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.
Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta. Agora, sente-se e escute:
EU TE AMO NÃO DIZ TUDO!

segunda-feira, dezembro 15, 2008

YT: Tina Turner - I Don't Wanna Fight No More

sábado, dezembro 13, 2008

Musiquinha's

Never Tear Us Apart
(INXS)

Don't ask me
What you know is true
Don't have to tell you
I love your precious heart

I
I was standing
You were there
Two worlds collided
And they could never tear us apart

We could live
For a thousand years
But if I hurt you
I'd make wine from your tears

I told you
That we could fly
'Cause we all have wings
But some of us don't know why

I
I was standing
You were there
Two worlds collided
And they could never ever tear us apart

sexta-feira, dezembro 12, 2008

Nominees: Globo de Ouro

Virando hj num dia de postagens sobre o cinema, o Globo de Ouro:

Melhor filme dramático
The Curious Case of Benjamin Button (O Curioso Caso de Benjamin Button)
Frost/Nixon (Frost/Nixon)
The Reader (The Reader)
Revolutionary Road (Foi Apenas um Sonho)
Slumdog Millionaire (Slumdog Millionaire)

Melhor atriz dramática
Anne Hathaway (Rachel Getting Married)
Angelina Jolie (Changeling)
Meryl Streep (Doubt)
Kristin Scott Thomas (Il y a Longtemps que je t'aime)
Kate Winslet (Revolutionary Road)

Melhor ator dramático
Leonardo DiCaprio (Revolutionary Road)
Frank Langella (Frost/Nixon)
Sean Penn (Milk)
Brad Pitt (The Curious Case of Benjamin Button)
Mickey Rourke (The Wrestler)

Melhor filme musical ou comédia

Burn After Reading (Queime Depois de Ler)
Happy-Go-Lucky (Simplesmente Feliz)
In Bruges (Na Mira do Chefe)
Mamma Mia! (Mamma Mia!)
Vicky Cristina Barcelona (Vicky Cristina Barcelona)

Melhor atriz em musical ou comédia
Rebecca Hall (Vicky Cristina Barcelona)
Sally Hawkins (Happy-Go-Lucky)
Frances McDormand (Burn After Reading)
Meryl Streep (Mamma Mia!)
Emma Thompson (Last Chance Harvey)

Melhor ator em musical ou comédia
Javier Bardem (Vicky Cristina Barcelona)
Colin Farrell (In Bruges)
James Franco (Pineapple Express)
Brendan Leeson (In Bruges)
Dustin Hoffman (Last Chance Harvey)

Melhor animação
Bolt (Bolt - Supercão)
Kung Fu Panda (Kung Fu Panda)
Wall-E (Wall-E)

Melhor filme de língua estrangeira
Der Baarder Meinhof Komplex - The Baader Meinhof Complex (Alemanha)
Maria Larssons Eviga Ögonblick - Everlasting Moments (Suécia/Dinamarca)
Gomorra - Gomorrah (Itália)
Il y a Longtemps que je t'aime - I've loved you so long (França)
Waltz With Bashir - Waltz With Bashir (Israel)

Melhor atriz coadjuvante
Amy Adams (Doubt)
Penelope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)
Viola Davis (Doubt)
Marisa Tomei (The Wrestler)
Kate Winslet (The Reader)

Melhor ator coadjuvante
Tom Cruise (Tropic Thunder)
Robert Downey Jr. (Tropic Thunder)
Ralph Fiennes (The Duchess)
Philip Seymour Hoffman (Doubt)
Heath Ledger (The Dark Knight)

Melhor diretor
Danny Boyle (Slumdog Millionaire)
Stephen Daldry (The Reader)
David Fincher (The Curious Case of Benjamin Button)
Ron Howard (Frost/Nixon)
Sam Mendes (Revolutionary Road)

Melhor roteiro
Simon Beaufoy (Slumdog Millionaire)
David Hare (The Reader)
Peter Morgan (Frost/Nixon)
Eric Roth (The Curious Case of Benjamin Button)
John Patrick Shanley (Doubt)

Melhor trilha sonora
Alexandre Desplat (The Curious Case of Benjamin Button)
Clint Eastwood (Changeling)
James Newton Howard (Defiance)
A. R. Rahman (Slumdog Millionaire)
Hans Zimmer (Frost/Nixon)

Melhor canção
Down to Earth (Wall-E)
Gran Torino (Gran Torino)
I Thought I Lost You (Bolt)
Once In A Lifetime (Cadillac Records)
The Wrestler (The Wrestler)

Nominees: Broadcast Film Critics Association

Norte-americanos adoram inventar premiações e, apesar de não ter ido muito ao cinema em tempos recentes (acho que neste ano foram só 4 filmes por motivos entre a falta de tempo, de paciência e/ou de dinheiro), sou apaixonada pela dita 7ª arte. terça-feira a Broadcast Film Critics Association, considerada pelo povo das bandas de lá como uma das possíveis prévias ao Oscar divulgou sua lista de indicações à sua 14ª edição, que ocorrerá em 08/01/2009.

E os indicados são:

Melhor Filme
Changeling
The Curious Case of Benjamin Button
The Dark Knight
Doubt
Frost/Nixon
Milk
The Reader
Slumdog Millionaire
Wall-E
The Wrestler

Melhor Ator
Clint Eastwood (Gran Torino)
Richard Jenkins (The Visitor)
Frank Langella (Frost/Nixon)
Sean Penn (Milk)
Brad Pitt (The Curious Case of Benjamin Button)
Mickey Rourke (The Wrestler)

Melhor Atriz
Kate Beckinsale (Nothing But the Truth)
Cate Blanchett (The Curious Case of Benjamin Button)
Anne Hathaway (Rachel Getting Married)
Angelina Jolie (Changeling)
Melissa Leo (Frozen River)
Meryl Streep (Doubt)

Melhor Ator Coadjuvante
Josh Brolin (Milk)
Robert Downey Jr. (Tropic Thunder)
Philip Seymour Hoffman (Doubt)
Heath Ledger (The Dark Knight)
James Franco (Milk)

Melhor Atriz Coadjuvante
Penelope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)
Viola Davis (Doubt)
Vera Farmiga (Nothing But the Truth)
Taraji P. Henson (The Curious Case of Benjamin Button)
Marisa Tomei (The Wrestler)
Kate Winslet (The Reader)

Melhor Conjunto de Atores
The Curious Case of Benjamin Button
The Dark Knight
Doubt
Milk
Rachel Getting Married

Melhor Diretor
Danny Boyle (Slumdog Millionaire)
David Fincher (The Curious Case of Benjamin Button)
Ron Howard (Frost/Nixon)
Christopher Nolan (The Dark Knight)
Gus Van Sant (Milk)

Melhor Roteirista (roteiro original ou adaptado)
Simon Beaufoy (Slumdog Millionaire)
Dustin Lance Black (Milk)
Peter Morgan (Frost/Nixon)
Eric Roth (The Curious Case of Benjamin Button)
John Patrick Shanley (Doubt)

Melhor Longa de Animação
Bolt
Kung Fu Panda
Madagascar 2
Wall-E
Waltz With Bashir

Melhor jovem ator ou atriz
Dakota Fanning (The Secret Life of Bees)
David Kross (The Reader)
Dev Petal (Slumdog Millionaire)
Brandon Walters (Austrália)

Melhor Filme de Ação
The Dark Knight
Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal
Homem de Ferro
007 - Quantum of
Solace
Wanted

Melhor Comédia
Burn After Reading
Forgetting Sarah Marshall
Role Models
Tropic Thunder
Vicky Cristina Barcelona

Melhor Filme para Televisão
John Adams
Recount
Coco Chanel

Melhor Filme em Língua Estrangeira
A Christmas Tale
Gomorra
I've Loved You So Long
Let the Right One In
Mongol
Waltz With Bashir

Melhor Documentário
I.O.U.S.A.
Man On Wire
Roman Polanski: Wanted and Desired
Standard Operating Procedure
Young At Heart

Melhro Canção
"Another Way to Die" - Jack White and Alicia Keys/Jack White (007 - Quantum of
Solace)
"Down to Earth" - Peter Gabriel/Peter Gabriel and Thomas Newman (Wall-E)
"I Thought I Lost You" - Miley Cyrus and John Travolta/Miley Cyrus and
Jeffrey Steele (Bolt - Supercão)
"Jaiho" - Sukhwinder Singh/A.R. Rahman and Gulzar (Slumdog Millionaire)
"The Wrestler" - Bruce Springsteen/Bruce Springsteen (The Wrestler)

Melhor Compositor
Alexandre Desplat (The Curious Case of Benjamin Button)
Clint Eastwood (Changeling)
Danny Elfman (Milk)
Hans Zimmer and James Newton Howard (The Dark Knight)
A.R. Rahman (Slumdog Millionaire)

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Citação

"A principal tarefa de um homem na vida consiste em dar à luz a si mesmo, a se tornar aquilo que potencialmente ele é".

(Erich Fromm)

quarta-feira, dezembro 10, 2008

Blogging: My Rock Star Name




Your Rockstar Name Is: Foxxy Destruction



Rock on!




Da Lulu.

terça-feira, dezembro 09, 2008

Sobre o Natal e as Cartinhas

Este texto deveria ter entrado aqui semana passada, mas andei tão atarantada que acabou ficando sempre para depois. Hoje resolvi escrever conforme dá e corrigir no final para não correr o risco de dizer alguma besteira ou soar repetitiva.

Faz parte da minha lista de 101 em 1001 a adoção de ao menos uma cartinha do Papai Noel dos Correios por ano. Continuo sendo uma grande entusiasta da campanha, mas como neste ano tentei algumas vezes adotar a minha cartinha, e até o final de Novembro não havia chegado nenhuma na Agência mais próxima à minha casa, acabei partindo para outra alternativa.

A empresa em que a minha cunhada trabalha disponibilizou cartas de algumas instituições reconhecidas para que os funcionários adotassem. E nós (Gi, Tathi, eu e Vi) adotamos duas. As meninas adotaram um idoso e eu e o Vi um adolescente. A idéia era a doação de uma muda de roupa, um sapato e um kit de higiene/um brinquedo e um kit guloseimas (estes últimos respectivamente).

Desesperada que sou, comprei calça, bermuda, camiseta, meias, cuecas, tênis... Fiz um kit bem gordo de guloseimas também, mas tive algumas dúvidas a respeito do brinquedo. Como não havia informação sobre a deficiência do rapaz, acabei optando por um carrinho simples ao invés de personalizar o presente. Não gastamos muito dinheiro e fizemos a nossa parte. E o item da minha lista? Considero correta e nada trapaceada a adaptação dele.

segunda-feira, dezembro 08, 2008

YT: Coldplay - Viva La Vida

sábado, dezembro 06, 2008

Musiquinha's

I'll Be There For You
(Bon Jovi)

I guess this time you're really leaving
I heard your suitcase say goodbye
And as my broken heart lies bleeding
You say true love it's suicide

You say you're cried a thousand rivers
And now you're swimming for the shore
You left me drowning in my tears
And you won't save me anymore

Now I'm praying to God you'll give me one more chance, girl

I'll be there for you
These five words I swear to you
When you breathe I want to be the air for you
I'll be there for you
I'd live and I'd die for you
Steal the sun from the sky for you
Words can't say what a love can do
I'll be there for you

I know you know we've had some good times
Now they have their own hiding place
I can promise you tomorrow
But I can't buy back yesterday

And Baby you know my hands are dirty
But I wanted to be your valentine
I'll be the water when you get thirsty, baby
When you get drunk, I'll be the wine

I'll be there for you
These five words I swear to you
When you breathe I want to be the air for you
I'll be there for you
I'd live and I'd die for you
Steal the sun from the sky for you
Words can't say what a love can do
I'll be there for you

[Solo]

And I wasn't there when you were happy
I wasn't there when you were down
I didn't mean to miss your birthday, baby
I wish I'd seen you blow those candles out

I'll be there for you
These five words I swear to you
When you breathe I want to be the air for you
I'll be there for you
I'd live and I'd die for you
Steal the sun from the sky for you
Words can't say what a love can do
I'll be there for you

quinta-feira, dezembro 04, 2008

Crônica: Relações...

Pra que serve uma relação
(Drauzio Varela)

‘Uma relação tem que servir para tornar a vida dos dois mais fácil.’

Vou dar continuidade a esta afirmação porque o assunto é bom e merece ser desenvolvido.

Algumas pessoas mantêm relações para se sentirem integradas na sociedade, para provarem a si mesmas que são capazes de ser amadas, para evitar a solidão, por dinheiro ou por preguiça.

Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa; à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.

Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.

Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo.

Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa.

Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem o corpo um do outro quando o cobertor cair.

Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro no médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.

quarta-feira, dezembro 03, 2008

Trecho: Ser adulto...

"... é consentir em certos sacrifícios, renunciar às pretensões exorbitantes, aprender que é melhor 'vencer nossos desejos do que a ordem do mundo' (Descartes). É descobrir que o obstáculo não é a negação, e sim a própria condição da liberdade. É reconhecer que nunca nos pertencemos inteiramente, que de certa maneira nos devemos ao próximo, que abala nossa pretensão à hegemonia. Por fim, é compreender que é preciso nos formar transformando-nos, que nos fabricamos sempre contra nós. Em resumo, tornar-se adulto é fazer o aprendizado dos limites, é renunciar às nossas loucas esperanças e trabalhar para ser autônomo, capaz tanto de se inventar quanto abstrair-se de si."


(Pascal Bruckner, A tentação da inocência, pg. 104)


Daqui.

segunda-feira, dezembro 01, 2008

YT: Cher - Storng Enough